Reacções desagradáveis dos alimentos:

intolerância e alergia

É frequente queixarmo-nos de sintomas desagradáveis provocados pelos alimentos. As causas dessas reacções desagradáveis podem ser divididas em dois grandes grupos. 1 - Intolerância aos alimentos - muito frequente 2 - Alergia aos alimentos - muito rara Quando alguém diz que é alérgico a determinado alimento é, pouco provável, que isso seja verdade. É mais provável que tenha intolerância a esse alimento e não alergia.

1 - INTOLERÂNCIA ALIMENTAR

CAUSAS DE INTOLERÂNCIA ALIMENTAR A intolerância alimentar, não alérgica, sem interferência do sistema imunitário, é muito frequente e inclui alimentos de uso diário. Alimentos com lactose e outros açucares (fructose, galactose...) Alimentos com glúten: o glúten é uma proteína do trigo, cevada, centeio e aveia Alimentos que produzem gás - feijão, grão, favas (as favas também podem ser causa duma anemia hemolítica: favismo, nas pessoas que têm deficiência de glucose-6- fostatodeshidrogenase), couves etc. Alimentos com químicos - substancias químicas orgânicas e inorgânicas (aminas, nitratos, sulfitos) que fazem naturalmente parte dos alimentos podem, em pessoas sensíveis, causar sintomas desagradáveis. Muitos alimentos contêm salicilatos e ácido benzóico (maçãs, tomates, morangos, sumos etc.) que causam sintomas mais ou menos desagradáveis. A serotonina da banana, do abacaxi, a triptamina do tomate, da ameixa, a tiramina da laranja são possíveis elementos químicos agressivos. Também os aditivos químicos usados para modificar a cor ou o sabor dos alimentos e bebidas, podem causar reacções adversas. Alimentos com toxinas - muitos alimentos podem conter aflotoxinas que causam diarreia e vómitos. Os pistácios e os amendoins muitas vezes têm aflotoxinas. O feijão e o grão de bico podem conter aflotoxinas que só desaparecem se for profunda a cosedura. Álcool - A alergia ao álcool é extremamente rara mas, a intolerância ao álcool (bebidas alcoólicas) não é rara. O álcool por si pode causar intolerância mas pode também facilitar a absorção no intestino dos petiscos e outros alimentos que o acompanham e que podem ser causa de intolerância. A intolerância pode também ser devida às substâncias que fazem parte do vinho, da cerveja, do whisky...: histamina, sulfitos, dióxido sulfúrico, etc etc... Causa obscura - A maior parte das pessoas que se queixam de sintomas causados pelos alimentos (dor e desconforto de estômago, náusea, dor abdominal, alterações do transito, diarreia, obstipação etc.) não têm alergia alimentar nem é possível atribuir a um alimento a causa dos sintomas. Os alimentos que causam estes sintomas são multiplos. “já não sei o que posso comer”. A causa é obscura. A ansiedade e a depressão estão com frequência presentes. Os testes de alergia e testes de intolerância a este ou aquele alimento são negativos. Estas pessoas têm, muito provavelmente, uma alteração funcional do tubo digestivo, uma afecção benigna mas que as faz sofrer. Felizmente, estas afecções funcionais, além de benignas, evoluem para a cura com o passar do tempo.

2 - ALERGIA ALIMENTAR

A alergia é uma resposta do sistema imunitário a determinadas substâncias (alergénios). Ver imunidade Essas substâncias (alergénios) não causam problemas na maior parte das pessoas mas, nos indivíduos alérgicos provocam uma reacção inapropriada. Os alergénios (antigénios) desencadeiam nos indivíduos alérgicos a produção de anticorpos IgE que ao atingir uma quantidade considerável dão origem a um episódio de hipersensibilidade imediata. Alergénio (antigénio) Produção de IgE (anticorpo) Reacção alérgica A entrada dos alergénios no organismo faz-se sobretudo por inalação mas também podem entrar pelo tubo digestivo, com os alimentos. O pediatra austríaco von Pirquet (1874-1929) chamou alergia (do grego: allos=outro e ergon=acção) á reacção provocada por uma segunda injecção da vacina para a varíola. Hoje chama-se alergia não só á reacção anormal após a sensibilização do organismo por uma substância estranha mas também para exprimir antipatia, aversão.

QUAIS OS SINTOMAS da alergia alimentar?

A alergia alimentar atinge cerca de 5% das crianças e menos de 3% dos adultos Os principais sintomas da alergia alimentar são: •Formigueiro e comichão na boca •Urticaria e eczema •Edema dos lábios, face, língua e garganta •Sibilos, congestão nasal ou dificuldade em respirar •Dor abdominal, diarreia, náusea e vómito. •Tonturas, astenia

QUAIS AS CAUSAS MAIS FREQUENTES ALERGIA

ALIMENTAR?

Os alergénio que mais frequentemente causam alergia são proteinas: •Ovos •Leite •Amendoin •Noz •Trigo

COMO SE FAZ O DIAGNÓSTICO DA INTOLERÂNCIA E ALERGIA ALIMENTAR?

Os testes cutâneos, a dieta da exclusão, a dieta de provocação podem ajudar a esclarecer o diagnóstico neste terreno movediço onde proliferam os oportunistas sempre prontos o ver o peso da nossa carteira.
MISCELÂNIA
urticária