Ascite

Ascite é a acumulação de líquido na cavidade abdominal. Na linguagem popular é chamada barriga-d'água. A quantidade de líquido pode ser tão pequena que só a descobrimos pela ecografia abdominal ou atingir 25 litros e causar um volumoso aumento do abdómen.

PORQUE APARECE A ASCITE?

Vários factores podem favorecer a acumulação de liquido na cavidade peritoneal. Na cirrose, a causa principal, é o aumento da pressão na veia porta que leva à saída de líquido da veia para a cavidade peritoneal. Também a diminuição das proteínas no sangue, porque a produção de proteínas no fígado é insuficiente, diminuem a pressão oncótica que se opõe à saída de líquido para fora dos vasos. No rim há retenção de sódio.

QUAIS AS CAUSAS DA ASCITE?

São múltiplas as causas de ascite. A cirrose alcoólica do fígado é entre nós a causa mais frequente de ascite, mas outras doenças do fígado, doenças do coração, do rim, do peritoneu e do pâncreas podem causar ascite. COMO SE DESCOBRE A CAUSA DA ASCITE? O médico tem ao seu dispor várias técnicas para descobrir qual a causa da ascite. A observação do aspecto do líquido ascítico, a sua análise bioquímica e bacteriológica, o estudo dos órgãos (fígado, coração, rim) que podem estar envolvidos são etapas que o médico trilha para chegar à causa da ascite.

COMO SE TRATA A ASCITE?

O tratamento da ascite depende da sua causa, mas se a ascite é volumosa é necessário aliviar o doente do incomodo provocado. A restrição de sódio na alimentação e os diuréticos são os meios que o doente utiliza para o conseguir. Muitas vezes a ascite é de tal maneira volumosa que é necessário evacuar alguns litros de líquido. A dieta com muito pouco sal e os diuréticos são as tratamentos mais frequentes. Em casos raros é necessário fazer um shunt transjugular porto- cava intrahepático como mostra a imagem ao lado. Shunt quer dizer desvio e neste shunt pretende-se desviar o sangue da veia porta para a veia hepática, um ramo da veia cava e, desta maneira, diminuir a pressão do sangue na veia porta. Chama-se transjugular porque a prótese metálica é colocada, com a ajuda do Rx, através da veia jugular. O transplante hepático é útil nos casos refractários aos outros tratamentos.

SINTOMAS